sexta-feira, 15 de maio de 2009

A-Ve(r)s-Só

Os olhos que abrigam
o amante amado,
perguntaram:

Por que está tão avesso,
travesso?
De mau jeito...

Por que está calado,
amado?
Todo melado...

Então me fita,
Pinta, tange,
esfrega.

Me sufoca excitado,
pois nada passado
soou interpretado.


--------------------------------------------
Clareanna V. Santana, 14 de abril de 2009.

3 comentários:

Rafael disse...

Gostei do poema!
se puder passa no meu blog...
BJS

Clareanna V. Santana disse...

OK!

George Ardilles disse...

Então eu fito, pinto e esfrego.
=)
Beijo minha bichinha.