quinta-feira, 3 de novembro de 2011

Cinismo


De todo jeito
os olhares denunciavam.
De toda verdade
um confirmava.

A outra se oferecia e ele entregava...
A outra buscava e o mistério conseguia...

O presente era outro...
Da outra o quisto...
Dela ficou a miséria...
E dele o cinismo.


Clareanna V. Santana, 03 de novembro de 2011.

Nenhum comentário: