domingo, 21 de junho de 2015

A água


Escondia-se
no silêncio dela,
aquela gala rala,
numa noite turva…

E perguntava:
Será que foi baba?
Ou será que foi chuva?




Clareanna V. Santana

Nenhum comentário: