terça-feira, 28 de fevereiro de 2017

Premonição

da Gota
do Suor
dos Poros

Em Estado de liquefação

Sentimento físico
que se transforma
em vapor
e gosto de mar...



Clareanna V. Santana

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2017

Por Fim



Quando o papo
ou quando o beijo
Finda...

Quando o amor
E quando a preocupação
Briga…

Quando o tesão
Castiga…
É hora de repensar
A ida.

Clareanna V. Santana
@Clareamente


sábado, 18 de fevereiro de 2017


Obsceno
invoco
Conjurando
segredos
Numa noite
pequena
tão fácil
e densa
Semeando
vontades
Resumindo
nossa loucura
em conjugação
do verbo
Amar.

Clareanna V. Santana
@Clareamente


terça-feira, 14 de fevereiro de 2017

Ana, num estado de poesia
mensurado com angústia,
sendo sem deixar de Ser,
te pertenci.
Sentindo tacitamente,
o prazer que causa tontura
matou a vontade
e no badalar do último minuto
o gozo findou a tarde.



Clareanna V. Santana
@Clareamente
Clareamente




O  inesperado
materializou-se
num voluptuoso
dançar de coxas


Clareanna V. Santana
@Clareamente

segunda-feira, 13 de fevereiro de 2017

AmarO



Desceu rasgando
Goela abaixo…

Quando em outubro
Se fazia novembro.

Com gosto gelado
Queimava a garganta...

Eram um gosto amargo
Que embriagava a memória.

Que sofria o presente
rasgava o passado
e se travestia de solidão.

Clareanna V. Santana

@Clareamente

quarta-feira, 8 de fevereiro de 2017

Expectativas



De você?
Estórias.

Quatro fases:
Dia
Noite
Hoje
Amanhã.

Deles?
Mentiras
Ou meias verdades
quem sabe...

De mim?
Nada.

De nós?
O decepcionado
desencantamento do mundo.


Clareanna V. Santana
@Clareamente


segunda-feira, 6 de fevereiro de 2017

A Boca

A boca
que engole o fumo
O líquido 
que inunda o sono
O vento 
que me bate...

A rede 
que acalma o mundo
Os dedos 
que embalam o gozo
A solidão
que me cabe…




Clareanna V. Santana
@Clareamente

sábado, 4 de fevereiro de 2017

Epílogo




A boca
me lambe
os lábios
Como um vício
bagunça
os planos
E me
deixa.

Clareanna V. Santana
@Clareamente



quinta-feira, 2 de fevereiro de 2017

Etapa



Era euforia
no princípio...
No meio?
anestesia
atemporal.
E finalmente:
a ressaca
e sua moral.

Clareanna V. Santana
@clareamente

quarta-feira, 1 de fevereiro de 2017

HaiKai


Perplexo
Te toco

No sexo
Sem nexo

Meus olhos
Em foco


No beijo
Disléxico



Clareanna V. Santana
@clareamente