sábado, 4 de março de 2017

Dona



pintou-se de si
corou-se em azul
fitou um estranho
pensou num caminho
e seguiu sorrindo


Clareanna V. Santana

@Clareamente

Nenhum comentário: